Downsizing – I – “Chegaram”

I – Chegaram

Eles chegaram hoje.

Sabemos pouco sobre o que irá acontecer. O nosso representante sindical foi subitamente transferido para a sede no Porto. Dizem as más-línguas que os novos administradores lhe ofereceram um bom ordenado em troca do silêncio. Bem me dizia o Sousa dos  vasculares – “Nunca confiar  num gajo que pertença ao sindicato do partido dos patrões”.

Sinceramente não liguei , há muito que caguei na política.

Já vi um pouco de tudo. Lembro-me de há muitos anos ,na altura da revolução  . Lembro-me dos plenários, de querermos sanear todos aqueles de que não gostávamos recorrendo aos chavões que sindicalistas barbudos e outros agitadores do proletariado, nos incitavam a acreditar como nossos.

Lembro-me de cantar “Grândola “ de punho erguido .

Depois vieram aqueles tempos em que lentamente nos começamos a tornar em cidadãos bem comportados e razoavelmente apresentáveis.

Houve falatórios sobre a CEE, nas ruas um primeiro ministro morto levava o carpir das mulheres da Nazaré para a grande cidade onde uma multidão  gritava “ Carneiro amigo, o povo está contigo !! “.Na TV a Globo fazia os primeiros estragos no nosso falar.

O Ramos foi o primeiro a falar-me da aquisição. Usou os termos da conferência de imprensa. Gosta de ler a Exame e papaguear aquela lenga-lenga de executivo. Considera isso um toque de modernidade que qualquer bom vendedor dinâmico e pró-activo deve ostentar.

– “Downsizing “ para viabilizar a empresa

Sabíamos ambos o que aquilo queria dizer. Pessoas para a rua. Muito provavelmente os velhos. Como eu.

Houve um mau presságio que me fez arrepiar quando o Ramos me bateu nas costas de uma forma excessivamente amistosa. Percebi bem a mensagem.

“ Antes tu que eu.“

Lembro-me bem de quase ter batido com o carro quando voltei a casa.

Vinha demasiado longe para flutuar de forma ordeira no trânsito que embala a passo de caracol em direcção aos semáforos da Amadora.

Trabalho há dezanove anos neste cabrão de laboratório. E agora, vem uns estrangeiros de merda pôr as  pessoas no desemprego.

O que é que esses gajos percebem disto ?!

Estamos em Portugal. Aqui os medicamentos não se vendem com fatos bonitos e sorrisos eficientes. Aqui, os médicos conquistam-se à mesa do restaurante, anestesiados no bom vinho e confortados no bom manjar.

Vejo bem o que este  gajos  se julgam. Pensam ser homens iluminados pela benção empresarial e querem ensinar-nos os “marketings” inovadores e as estratégias mais convenientes a qualquer produto.

O Tanas! Aqui não!

Os nossos senhores doutores gostam é que nós os convidemos a vir à cidade. Hotel catita, uns  copos à noite. No Elefante, obviamente. Apanhar uma cadela de Whisky mau e caro, ficar a ver o doutor escolher a boazona que eu vou pagar para ele garantir que os  meus hipnóticos –  Lembre-se Senhor Doutor! Zivrkyy   oferece uma viagem à Tailândia após os primeiros duzentos mil euros de receitas. E os gajos abanavam os cornos num  sim de bebedeira e tesão e punham as mãos nas tetas carnudas das brasileiras e eu esperava que o gajo de manhã ainda se lembrasse do nome da minha droga.

Entrei em casa tentando não mostrar as ralações que me iam na cabeça. Não valia a pena tanta preocupação. A luz tremeluzente que vinha da sala informava que a Lúcia estava embrenhada num daqueles “shows” de realidade da SIC . Emoções ao domicilio no conforto do sofá. Fiquei descansado, o beijo fugidio sem desviar os olhos do ecrã indicava que reagia com a habitual indiferença à minha presença. O meu filho Miguel como de costume não estava. Provavelmente chegaria tarde. Hesitando por uns segundos ,longos demais. Esforçando-se por enfiar a chave na fechadura. Bêbado ? Drogado talvez!

Sentia a cabeça a latejar. Tomei um “Valium” e aterrei com peso na cama. O meu ultimo pensamento foi para Adelaide.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s